OC_GIRL_SMILE_HAPPYFACE_SHUTTERSTOCK_710812894
Conteúdos

Cárie dentária nas cianças

É importante reconhecer e tratar as cáries dentárias nas crianças o mais cedo possível, para evitar a perda dos dentes de leite ou dos dentes permanentes.

Reconhecer a cárie dentária em crianças

Reconhecer a cárie num dente de leite ou dente permanente de uma criança o mais cedo possível ajuda a evitar que esta se desenvolva até se tornar uma cárie mais profunda. Tal como nos adultos, as cáries precoces da infância não desaparecem por si só. Por conseguinte, devem ser tratadas por um dentista, mesmo que afetem os dentes de leite. Embora sejam temporários, os dentes de leite desempenham um papel fundamental na dentição permanente do seu filho. São eles que "guiam" os dentes permanentes para que fiquem corretamente posicionados no maxilar da criança. Além disso, não se deve esquecer de que uma cárie é uma infeção bacteriana, que, se não for tratada, pode permitir que as bactérias se espalhem pelo corpo. É portanto essencial diagnosticar uma cárie o mais cedo possível para tratá-la rapidamente. Mesmo que o seu filho tenha uma cárie quando tiver apenas 2 ou 3 anos de idade. Os bebés podem desenvolver cáries quando são muito pequenos, especialmente devido à síndrome do biberão (ver abaixo).

Os sinais que devem alertá-lo para a presença de cáries dentárias no seu filho são: 

  • uma mancha castanha que aparece na ranhura do dente;
  • o seu filho queixa-se de dor ao comer - ou mostra desconforto ao comer, se ainda não souber falar para expressar a sua dor.

É ainda mais urgente marcar uma consulta com o seu dentista, pois as cáries precoces da infância desenvolvem-se mais rapidamente do que as cáries em crianças mais velhas ou em adultos. Para aliviar as dores enquanto espera pela consulta no dentista, pode administrar analgésicos, como o paracetamol, tendo o cuidado de respeitar a dosagem adaptada ao peso ou idade do seu bebé.

Síndrome do biberão

Síndrome do biberão

Pediatras e dentistas referem-se ao aparecimento de cáries dentárias muito precoces em bebés, por vezes antes de atingirem a idade de 2 anos, como "síndrome do biberão". Esta síndrome não deve ser encorajada em bebés, pois pode levar à necessidade de uma prótese dentária completa na primeira infância.

Saiba mais

Prevenir a cárie dentária em crianças

Seja em dentes de leite ou dentes permanentes, é essencial prevenir as cáries nas crianças. Por um lado, porque podem ser muito dolorosas. E também porque podem levar a que o dente tenha de ser extraído se a cárie for profunda.

Saiba mais

Cuidar de cáries em crianças

Mesmo que se certifique que os seus filhos escovam os dentes pelo menos duas vezes por dia durante dois minutos, eles podem não ter escovado com eficácia suficiente para evitar cáries. Ou se escovarem os dentes sozinhos na casa de banho, sem que esteja presente para verificar se estão a utilizar o método eficaz de escovagem que lhes ensinou. Também é possível usar fio dentário na boca do seu filho para remover os resíduos alimentares presos nos espaços entre os dentes. 

Se a cárie estiver no dente de leite ou no dente permanente, só há uma solução: consultar um dentista para parar o desenvolvimento da cárie e tratar o dente. É aconselhável marcar uma consulta o mais cedo possível, para que o tratamento seja o menos invasivo possível. Contudo, é também aconselhável assegurar que a consulta para tratar a cárie não seja a primeira vez que o seu filho visita o dentista. Esta primeira visita pode deixar o seu filho com uma má memória e com um medo profundo do dentista. O ideal é combater a fobia do dentista antes que ela ocorra, tornando a visita ao consultório do dentista um ato inofensivo e rotineiro que a criança não teme. Existem vários truques muito eficazes que podem ser usados para que a visita ao dentista seja uma consulta médica como qualquer outra. E acima de tudo, lembre-se que o seu filho terá menos medo do dentista se falar sobre esta consulta de uma forma positiva. Ir ao dentista nunca deve ser um castigo...

Sabia que...

É um especialista em higiene oral?

As cáries formam-se quando as bactérias da placa bacteriana digerem açúcar, criando um produto que ataca o esmalte e a dentina. A produção destes ácidos aumenta com a concentração de açúcar na saliva e na superfície dos dentes.
Os alimentos doces promovem, portanto, a formação de cáries. Como tendem a "colar-se" aos dentes e os seus açúcares são eliminados mais lentamente pelo fluxo de saliva, os doces são um importante fator de risco para a formação de cáries.

Exceto em casos especiais, o flúor contido no sal alimentar e nas pastas de dentes com flúor é suficiente para um adulto. É necessário utilizar diariamente uma pasta de dentes como a pasta de dentes ELGYDIUM Prevenção Cáries para adultos. Para crianças, existe também a pasta de dentes Elgydium Proteção Cáries para crianças dos 3 aos 6 anos e dos 7 aos 12 anos de idade. Em alguns casos, e dependendo das suas necessidades, o seu dentista pode dizer-lhe como aumentar a exposição dos dentes ao flúor (suplementos, gel ou colutório, por exemplo).

Para prevenir as cáries dentárias, pode “envernizar” os dentes das crianças e adolescentes: o dentista preenche os sulcos naturais na superfície dos molares com uma resina composta; isto evita que as bactérias se fixem nos sulcos, que ficam protegidos da escovagem. Aprender uma boa higiene dentária continua a ser a melhor forma de manter os dentes dos seus filhos saudáveis.
A marca Elgydium oferece pastas e escovas de dentes adaptadas a cada idade do seu filho, com sabores deliciosos para fazer da escovagem um momento de diversão.

A rotina do meu filho

Os nossos produtos permitem que as crianças adotem facilmente uma rotina diária correta para uma boa higiene oral desde a mais tenra idade!

LA BROSSE A DENTS ADAPTÉE
A rotina do meu filho
ELGYDIUM

ELGYDIUM Kids de 2 a 6 anos Escova de dentes

Acessório
Voltar ao topo