OC_YOUNG_WOMAN_SMILE_HAT_SHUTTERSTOCK_657732979
Conteúdos

Proteger as gengivas

A escovagem duas vezes por dia é necessária, mas infelizmente não é suficiente. Saiba como cuidar das gengivas.

Escovar os dentes para os proteger das cáries tornou-se parte da rotina de higiene de todos. Sabemos que escovar duas vezes por dia é necessário para proteger contra as cáries, e isto é feito desde tenra idade. Esta é uma boa prática, mas infelizmente não é suficiente. Embora a cárie dentária seja a principal causa da perda de dentes em crianças, as coisas mudam com os adultos. À medida que envelhecemos, aumenta o risco de perder dentes não devido a cáries, mas à doença periodontal - uma inflamação do periodonto, especialmente das gengivas. Assim, para manter todos os seus dentes, deve adotar os gestos certos para proteger e cuidar das suas gengivas.

Como proteger as gengivas?

Proteger as gengivas significa adotar bons hábitos diariamente.

Evite alimentos que danifiquem as gengivas

Alguns alimentos são traumáticos para as gengivas. Isto é particularmente verdade no caso das bolachas, e em particular das batatas fritas, que são ambas muito salgadas e têm bordos abrasivos para as gengivas. Criam microlesões que, com o tempo, danificam as gengivas e as tornam mais frágeis. Quanto aos alimentos doces, são um terreno de reprodução para as bactérias naturalmente presentes na boca. Proliferam ao alimentarem-se da glicose fornecida pelos alimentos, na ausência de escovagem eficaz e cuidadosa, e criam gradualmente placa bacteriana e tártaro, a primeira fase da gengivite.

Limitar o tabaco e o álcool.

O tabaco e o álcool secam a boca, aumentando o risco de desenvolver gengivite e doenças periodontais. Por isso, esteja mais atento à sua higiene oral quando fuma, ou quando come muita comida.

Consulte o dentista ao primeiro sinal de problemas

 A fim de proteger as suas gengivas, é essencial consultar o mais rapidamente possível o dentista se notar que as suas gengivas estão a sangrar, inchadas, dolorosas, ou se tiver a impressão de que estão a recuar. Estes sintomas não devem ser ignorados, e é necessário aconselhamento especializado. A automedicação pode piorar a situação ao atrasar a atenção médica.

Dicas para fortalecer as gengivas

Dicas para fortalecer as gengivas

Para garantir a saúde dos dentes, estes são os três hábitos de higiene a adotar, cujos efeitos serão sentidos a longo prazo, a fim de fortalecer as gengivas.

  • A utilização correta de um escovilhão interdentário, porque escovar bem os dentes não é suficiente para uma escovagem perfeita.
  • Um colutório antiplaca eficaz para complementar a escovagem com a escova de dentes e a utilização de escovas interdentárias.
  • Duas sessões de destartarização por ano no dentista.
Saiba mais
Gengivas durante a gravidez

Gengivas durante a gravidez

Todas as alterações hormonais perturbam o delicado equilíbrio oral. E a gravidez é uma altura em que as hormonas são particularmente explosivas! Para preservar as gengivas e portanto os dentes durante e após a gravidez, descubra os conselhos práticos no nosso artigo dedicado a este momento particular da vida.

Saiba mais
Gengivas e envelhecimento

Gengivas e envelhecimento

A perda de dentes não é inevitável com a idade. Ao cuidar das gengivas ao longo da vida, e ainda mais à medida que envelhece, pode manter os seus dentes naturais. Para saber mais sobre bons hábitos de cuidados das gengivas à medida que envelhece, leia o nosso artigo sobre o assunto.

Saiba mais
Gengivas e alimentação

Gengivas e alimentação

A alimentação desempenha um papel fundamental na proteção das gengivas. Por conseguinte, é melhor evitar certos alimentos que são prejudiciais à saúde oral. Contudo, existem outros alimentos que são benéficos para as gengivas. Para saber quais são os melhores alimentos, leia o nosso artigo sobre a ligação entre gengivas e alimentação.

Saiba mais
Sabia que...

É um especialista em higiene oral?

Ao contrário da crença popular, escovar demasiado vigorosamente para remover a placa bacteriana não é saudável para uma boa saúde dentária e gengival. Não é desejável que as gengivas sangrem nem isso é normal em gengivas saudáveis. Pode ser um sinal de gengivite que precisa de ser tratada. Se este for o seu caso, deverá, antes de mais, utilizar uma escova de dentes adaptada, como as que ELGYDIUM Clinic disponibiliza. Aconselhe-se junto do seu dentista.

Para evitar danificar as gengivas sensíveis ao escovar os dentes, deverá utilizar uma escova suave, com pontas arredondadas. A escova de dentes ELGYDIUM Clinic 15/100 é particularmente adequada para esta condição, uma vez que tem cerdas muito finas e macias.
Tenha cuidado para não agudizar as gengivas hipersensíveis utilizando dentífricos demasiado abrasivos. Opte por géis fluoretados como o ARTHRODONT Protect Gel.
Para ser eficaz sem danificar as gengivas, a cabeça da escova de dentes deve fazer um movimento circular em todas as faces dos dentes. Além disso, a escova deve ser inclinada a 45° para as gengivas, com as extremidades das cerdas em direção às raízes dos dentes.
Finalmente, os dentes devem ser sempre escovados desde a gengiva até à ponta dos dentes ("do rosa ao branco") para evitar que as cerdas atinjam a frágil borda da gengiva.

A minha rotina para gengivas saudáveis

Uma das formas de manter as gengivas saudáveis é combater a placa bacteriana.

LA BROSSE A DENTS ADAPTEE
A minha rotina para gengivas saudáveis
ELGYDIUM

ELGYDIUM Inspiration – escova de dentes

Acessório
Voltar ao topo