OC_ImageStock_Woman_Outside_Smile_2016
Conteúdos

Reconhecer as doenças gengivais

Não é fácil dizer se as suas gengivas estão doentes, ou apenas irritadas por as escovar com demasiada força. Descubra os sinais que o devem alertar.

A população francesa é "demasiado" otimista acerca da sua saúde oral em geral, e da saúde das gengivas em particular. De facto, segundo um estudo recente da União para a Saúde Oral, realizado em parceria com os laboratórios Pierre Fabre Oral Care (1)a maioria dos franceses não encontra ligação entre os sinais de aviso que afetam os dentes ou gengivas e o estado da sua saúde oral! Assim, quase 9 em cada 10 franceses que dizem ter gengivas vermelhas, inchadas ou dolorosas pensam que estão de boa saúde no geral. E entre estas pessoas que sofrem de gengivas sensíveis, que sangram ou retraem, apenas cerca de 1 em cada 10 visita o dentista para tratamento. Os outros acreditam que as gengivas são saudáveis, apesar dos sintomas óbvios que provam o contrário. Em sua defesa, temos de admitir que não é fácil determinar se as gengivas estão doentes, ou simplesmente irritadas por serem escovadas com demasiada força. No entanto, há certos sinais que devem incitá-lo a consultar o dentista a fim de tomar medidas logo no início. É importante reconhecer uma infeção gengival o mais cedo possível. Isto evitará que os sintomas ligeiros se transformem numa doença periodontal com consequências irreversíveis.

Fontes: 
(1) inquérito da UFSBD/Pierre Fabre Oral Care sobre a saúde oral da população francesa, realizado a 32.421 franceses entre 8 de Dezembro de 2017 e 20 de Janeiro de 2018 via Facebook, Twitter e Internet http://www.ufsbd.fr/wp-content/uploads/2018/03/UFSBD_Pierre-Fabre_CP_les-Fran%C3%A7ais-et-la-sant%C3%A9-de-leurs-gencives.pdf 

Gengivas dolorosas

Gengivas dolorosas

Um dos primeiros sinais que deve alertá-lo e levá-lo a procurar conselho do dentista o mais rapidamente possível é a dor nas gengivas. As gengivas nunca doem, a menos que escondam um abcesso periodontal ou uma infeção. Se as suas gengivas estiverem doridas, tem uma infeção, e isto é motivo para uma emergência médica. Deve consultar imediatamente um dentista para evitar que a infeção se propague por todo o corpo. 

Saiba mais
Sangramento das gengivas

Sangramento das gengivas

As gengivas que sangram são frequentemente subestimadas: a maioria das pessoas pensa que é devido a uma escovagem demasiado agressiva, ou que é "normal". No entanto, as gengivas saudáveis não sangram e não são vermelhas; devem ser de uma bela cor rosa. Para descobrir o que causa hemorragias gengivais e como remediar o problema, leia o nosso artigo sobre este tópico. 

Saiba mais
Sensibilidade das gengivas

Sensibilidade das gengivas

Como qualquer dentista lhe dirá, não há termo médico como "gengivas sensíveis". Se sente que as suas gengivas são sensíveis, é geralmente porque está a sofrer de outro problema mais insidioso. Por exemplo, um abcesso periodontal que faz com que as gengivas fiquem doridas. Ou uma cárie que dói quando mastiga porque as bactérias invadiram o dente, na dentina ou mesmo na polpa. Para descobrir o que está por detrás das "gengivas sensíveis", leia as nossas dicas para gerir este sintoma.

Saiba mais
Retração das gengivas

Retração das gengivas

Há muitas razões pelas quais as gengivas podem recuar: periodontite, escovagem excessivamente agressiva, uso de aparelho, etc. Seja qual for a razão pela qual os seus dentes parecem estar "a crescer mais", é necessário um tratamento rápido para evitar que as gengivas recuem. Para saber mais sobre as causas da retração das gengivas, leia o nosso artigo sobre esta condição.

Saiba mais
Gengivas inchadas

Gengivas inchadas

As gengivas saudáveis são rosadas, com uma textura ligeiramente granulosa, como a pele de uma laranja. Se as suas gengivas estão inchadas e têm uma aparência lisa, é urgente consultar o dentista. Pode ter gengivite ou periodontite, ou outras condições que podem ser graves para a sua saúde em geral, tais como deficiência de vitaminas, alvéolo seco, ou abcesso periodontal. Para saber o que está a fazer inchar as suas gengivas, leia o nosso artigo sobre o tema.

Saiba mais
Sabia que...

É um especialista em higiene oral?

Ao contrário da crença popular, escovar demasiado vigorosamente para remover a placa bacteriana não é saudável para uma boa saúde dentária e gengival. Não é desejável que as gengivas sangrem nem isso é normal em gengivas saudáveis. Pode ser um sinal de gengivite que precisa de ser tratada. Se este for o seu caso, deverá, antes de mais, utilizar uma escova de dentes adaptada, como as que ELGYDIUM Clinic disponibiliza. Aconselhe-se junto do seu dentista.

Para evitar danificar as gengivas sensíveis ao escovar os dentes, deverá utilizar uma escova suave, com pontas arredondadas. A escova de dentes ELGYDIUM Clinic 15/100 é particularmente adequada para esta condição, uma vez que tem cerdas muito finas e macias.
Tenha cuidado para não agudizar as gengivas hipersensíveis utilizando dentífricos demasiado abrasivos. Opte por géis fluoretados como o ARTHRODONT Protect Gel.
Para ser eficaz sem danificar as gengivas, a cabeça da escova de dentes deve fazer um movimento circular em todas as faces dos dentes. Além disso, a escova deve ser inclinada a 45° para as gengivas, com as extremidades das cerdas em direção às raízes dos dentes.
Finalmente, os dentes devem ser sempre escovados desde a gengiva até à ponta dos dentes ("do rosa ao branco") para evitar que as cerdas atinjam a frágil borda da gengiva.

A minha rotina para gengivas irritadas

A acumulação de placa bacteriana danifica as gengivas; estão disponíveis soluções para ajudar as suas gengivas a voltarem a ser saudáveis.

LE BAIN DE BOUCHE GENCIVES
A minha rotina para gengivas irritadas
Arthrodont

Arthrodont Colutório para Gengivas Sensíveis

Cosmético
Voltar ao topo